O que foi a década de 2010?

No comecinho lá da década passada, Florence Welch cantava os versos “the dog days are over, the dog days are done” — que na tradução seria algo como a vida de cão terminou, a vida de cão é passado —  você deve se lembrar dessa música. Infelizmente the dog days não estava done, não estava tão over assim. E os 3653 dias entre 2011 e 2020 nao foram fáceis. Vamos relembrar?

2011

2011. Ah 2011. Ano inesquecível para a música com hits atemporais como Fireworks da Katy Perry, Tik Tok da Kesha, e Rolling in the Deep, que projetou a Adele mundialmente. Morte da Amy Winehouse, o mundo chorou muito no dia 23 de Julho. Ano em que pintei o cabelo de verde, tinha entrado uns trampos bon$ e pude comprar meu Macbook e Ipod Touch. Sim, eu estava um nojo.

Meses depois, infelizmente, o gênio Steve Jobs morre. Já não era algo tão inesperado. Nos últimos anos em suas poucas aparições publicas, Steve estava magro e abatido devido a um câncer. Impossível não mencionar o extreme make-over da Dilma, nossa recém presidenta. Mulher quem te viu quem te vê?  Foi também o ano de nascimento do meme Hoje é dia de rock BB, com a atriz global Chris Torloni no Rock in Rio.

2012

O ano do fim do mundo que não aconteceu. O hit Call me baby da Carly Rae Jepsen hitando nos quatro pontos do globo. E puta-que-pariu, o que foi Avenida Brasil? Era filho que não aparecia em casa fazia 20 anos batendo na porta pra assistir capítulo de novela.

A hora que o Bonner dizia boa noite, Flamenguista e Fluminense não brigava mais. O Brasil virava um só. Quando a novela chegou ao último capítulo, tamanho foi o impacto da trama de João Emanuel Carneiro que quase houve um apagão nacional por sobrecarga.

2013

Luto nacional, foi assim que iniciamos 2013 com a tragédia na Boate Kiss que matou 242 pessoas. Todo mundo pensou: — poderia ter sido eu ali.  Ano do fim da Mtv no Brasil na Tv aberta. O carismático Papa Francisco (eu adoro o Papa Francisco) é eleito o novo Papa. Paramos de usar o meme Eike Loucura, pois o Eike batista havia falido, mostrando que a vida é uma grande roda gigante. Ano em que fiz minha primeira tatuagem e adotei meu bebê, Ice.

2014

7 x 1. Silencio.

2015

Ano em que tirei minha carteira de motorista, comecei a fazer natação, ano que me tornei ilustrador. Se você estava vivo em 2015, você chorou ouvindo See You Again, canção o Charlie Puth em homenagem ao Paul Walker, que havia causado comoção mundial devido a seu falecimento precoce. R.I.P Paul.

2016

Falar de 2016 é falar de Pokemon Go. É falar dos protestos e manifestações políticas que dividiram o Brasil em dois. Eu acho que são as únicas coisas interessantes que salvam o ano lixoso de 2016. 

2017

Ano de lançamento de um dos meus filmes favoritos, Atomic Blond com Charlize Theron.  Ano em que fiz minha primeira trilha e subi minha primeira montanha yeeey. Ano do Despacito, do delírio coletivo dos Spinners, pelo amor de Deus. E gente, o que foi a história do menino do Acre gente? Pelo amor de Javé.

2018

Todo mundo sem gasolina por causa da greve dos caminhoneiros. Todo mundo cantando blblblblbl do Vitas. E todo mundo falando Juntos e Shallow Now. Socorro kkj

2019

2019 foi o ano que a Anvisa aprovou medicamentos a base de Cannabis, um marco importante para os Brasileiros. Ano da morte do ícone Gugu, que até agora eu custo acreditar.

2020

Aqui, tudo o que tenho a dizer é sinto muito e meus pêsames. Fim de década super amargo. O ano que não existiu. O ano que nada de bom aconteceu.

Nova década

E agora estamos aqui. Em uma nova década, com novos desafios e novos sonhos. Um mundo pós apocalíptico. E eu queria dizer para vocês, queridos e queridas que me lêem, que começo de ano é sempre cheio de resoluções, onde criamos muitas expectativas. Mas vamos com calma. Vamos criar metas tangíveis. Vamos acreditar em dias melhores, mas fazer isso com a cabeça nas nuvens, mas o pé no chão. Tenha um ótimo ano, e uma década de muita luz. Noix.

Published by Guto

Pai Pet, dono de cinco suculentas. Blogueiro e Ilustrador. Roller boy. Blood marry é horrível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *