Capas ilustradas que eu acho muito foda

Hoje é dia de rock, bb. E Selecionei aqui algumas capas ilustradas que eu acho muito foda, e que talvez muitos de vocês nunca tenham visto. 

Estamos na era dos álbuns visuais, e mais do que a nunca a música está conectada as artes visuais, a sétima arte. Não é sábio julgar o livro pela capa. Mas há exceções haha.

Vamos abrir o post com a capa do Back in Black (1980), uma prova de que Deus existe e que rock pode ser muito elegante e minimalista. Além das músicas terem uma qualidade incontestável, a identidade visual do AC/DC é muito elaborada e bem feita, desde a capa dos discos até o design das tours.

Tudo tão bem feito que Inclusive artistas mainstream do Pop como a deusa Madonna já beberam dessa fonte. Na Mdna Tour (2012), o sino usado na abertura da tour é muito parecido com o usado pelo AC/DC em 91 na versão ao vivo de Hell Bells, no DVD Live at Donington. 

E falando de anos 70 AND capas minimalistas, o Pink Floyd tem duas que eu gosto muito, a capa do The Darkside of the moon. Porém a capa do The Wall (1979) eu acho belíssima. 

Gosto muito da capa aquarelada do álbum Vodoo (1995), do Jimmy Hendrix. 

Eu já gosto muito da cor vermelha. Quando eu vejo discos de rock com capas ilustradas usando tons de vermelho, eu fico tipo OMG. É o caso de dois discos do Queens of the stone age, o Like Clock Work e Villains.

E falando ainda em capas vermelhas eu gosto muito dessa do The soundhouse tapes do Iron Maiden.  Mesmo não sendo uma capa ilustrada propriamente dita, preciso colocar ela aqui. Sim, eu preciso.

A capa do Greatest Hits do Green Day merece ser enaltecida:

Assim como a capa do Random Access Memories, do Daft Punk:

Voltando um pouquinho para os anos 70, a gente tem a clássica capa do Destroyers, do Kiss:

E finalizando esse post, vindo para os anos 80 a gente tem Dangerous, do MJ, assim como Blackout do Scorpions que são capas que envelheceram muito bem.

Plus: A sugestão do Hari — um dos mais assíduos leitores aqui do blog — após o fechamento deste texto precisei acrescentar também a capa do álbum Mothership, do Led Zeppelin, lançado em 2007.

Published by Guto

Pai Pet, dono de cinco suculentas. Blogueiro e Ilustrador. Roller boy. Blood marry é horrível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *